×
Publicado em
5 de dez. de 2013
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Índia: chegada da H&M é aprovada pelas autoridades

Publicado em
5 de dez. de 2013

O grupo sueco acaba de receber o sinal verde das autoridades indianas para estabelecer uma filial local 100% própria. A H&M havia anunciado no início do ano sua vontade de abrir cerca de cinquenta lojas no país.

HM.com


A marca aguardava ainda o sinal verde final do Foreign Investment Promotion Board para investir 7,2 mil milhões de rúpias (cerca de 850 milhões de euros) em sua filial. Na verdade, há pouco tempo a Índia alterou sua legislação, que obrigava até então as marcas estrangeiras a constituírem joint-ventures com 51% do capital nas mãos das empresas locais.

Esse anúncio chega no momento em que a concorrente Gap Inc. teria chegado a um acordo em vista de criar uma joint-venture com a empresa local Arvind Brands. Os grupos americano e sueco têm por objetivo comum retomar o tempo perdido em relação à Inditex, cuja marca Zara iniciou seu desenvolvimento indiano a partir de 2010.

Junto com a América Latina, a Índia confirma assim sua posição de próximo terreno onde as gigantes mundiais Inditex, H&M e Gap vão confrontar-se. Em 2012, havia sido estimado que apenas 17% das vendas indianas de vestuário iam para as marcas estrangeiras. Vendas que devem atingir os 141 mil milhões de dólares daqui para 2020, ante agora 58 mil milhões por ano.

A H&M realizou ao longo de seu último exercício um volume de negócios de 16 mil milhões de euros, apresentando um avanço de 9,4%. No início de setembro, grupo estava à frente de uma rede de 2.934 lojas em todo o mundo.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.