×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
15 de ago. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

J.C. Penney atinge baixa recorde

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
15 de ago. de 2017

As ações da J.C. Penney Co Inc. atingiram uma baixa recorde, devido ao fechamento de lojas e ao cenário desafiador do varejo, que ocasionaram resultados trimestrais muito abaixo das expectativas. 


DR


As ações da Penney, que caíram 16% para a 3,96 dólares, somam queda de 43% desde o início do ano.

"A JCP teve um balanço muito mais fraco do que muitos dos seus colegas de lojas de departamentos e teve que tomar mais ações corretivas para se recuperar", disse Neil Saunders, diretor-geral da Empresa de pesquisa, GlobalData Retail.

As lojas de departamento vêm enfrentando declínio no tráfego e a forte concorrência de varejistas off-price e comércio eletrônico, como a Amazon.com. Algumas cadeias, como a Nordstrom, têm investindo fortemente em suas próprias lojas off-price e presença online.

Para cortar custos e ganhar mais dinheiro com seus imensos ativos imobiliários, a Penney's, assim como a Macy's, têm fechado lojas em centros comerciais fracos, pressionando a linha de fundo.

Após a divulgação dos resultados, na semana passada, o CEO Marvin Ellison declarou que a liquidação do estoque em 127 lojas durante o trimestre prejudicou as margens brutas em cerca de 120 pontos base, uma perda "muito maior" do que o esperado.

As vendas nas lojas da Penney abertas há mais de 12 meses tiveram queda pelo quinto trimestre consecutivo, com baixa de 1,3%, um pouco pior do que o declínio de 1,2% esperado pelos analistas consultados pela empresa de pesquisa Consensus Metrix.

No entanto, a J.C. Penney destacou que obteve melhor desempenho em sua divisão de vestuário, incluindo uma "aceleração significativa" no vestuário infantil. O negócio teve vendas fracas por vários trimestres.

"Está havendo progresso e, sem dúvida, a Penney está muito melhor em termos de crescimento de vendas em divisões como decoração e beleza do que a Macy's", disse Saunders.

A perda líquida da Penney aumentou para 62 milhões de dólares, ou 20 centavos por ação, no segundo trimestre encerrado em 29 de julho. No ano passado, a perda foi de 56 milhões de dólares, ou 18 centavos por ação.

De acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S, a empresa registrou uma perda de 9 centavos por ação, maior que a estimativa média de analistas, em 5 centavos.

Apesar disso, as vendas líquidas aumentaram 1,5% para 2.96 bilhões de dólares, acima dos 2.84 bilhões de dólares estimados pelos analistas.

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.