×
Por
Exclusivo
Publicado em
10 de abr de 2013
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Moda e mercado do couro brasileiros são abordados em painel da ABQTIC

Por
Exclusivo
Publicado em
10 de abr de 2013

A terceira edição do Painel de Moda da Associação Brasileira dos Químicos e Técnicos da Indústria do Couro (ABQTIC) reuniu, no dia 9 de abril, representantes e pessoas ligadas ao setor, no Auditório do Centro Tecnológico do Couro (CT Couro – SENAI), em Estância Velha/RS. Na pauta do encontro estiveram temas relacionados à sustentabilidade, à moda e ao mercado coureiro nacional e internacional.

COURO – O estilista Vitor Fasolo, integrante da diretoria de moda da ABQTIC e consultor da Tanac S/A (Montenegro/RS), um dos palestrantes do evento, destacou em sua explanação questões relacionadas ao desenvolvimento e ao curtimento de couro a partir da apresentação da cartela de couros Leather Eco Trends. "Em uma alternativa sustentável pode se desenvolver qualquer tipo de couro a partir do curtimento com tanino vegetal. A pesquisa que envolveu o CT Couro e a Tanac teve como objetivo principal produzir couros utilizando esse processo", salientou.

A coleção desenvolvida para a empresa do Vale do Caí apresentou trends baseadas em gêneros musicais: Rock – couro desenvolvido para o público jovem que olha para o futuro –, Ópera – couros que destacam o luxo e o clássico com o vermelho sempre presente –, e Bossa Nova – couros com brasilidade e com acabamento natural sem estampa.

MODA – O Painel de Moda da ABQTIC também contou com a participação do consultor do Núcleo de Moda da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Marnei Carminatti. O profissional destacou a importância do alinhamento e do foco no desenvolvimento das cartelas de artigos. "Cada segmento necessita perceber as diferentes necessidades do mercado. E para que seja interessante economicamente tanto para os curtumes quanto para a indústria química, calçadistas e lojistas é importante que o consumidor adquira pelo menos três pares de calçados por ano", ponderou.

O mercado consumidor e as exportações de couro do Brasil foram abordadas pelo consultor do Curtume Fuga (Marau/RS), Miguel Holzbach. "Desde a recessão de 2008, o mercado coureiro ficou bastante complicado. E, em questão de 10 anos, muitas empresas do setor de couros migraram suas vendas do exterior para o mercado interno, o que culminou no excesso de produtos", avaliou. Para Holzbach, o equilíbrio destes mercados passa pela redução da produção e, consequentemente, da oferta.

Outra alternativa para o equilíbrio deste mercado foi avaliada pelo estilista Christian Thomas, do Studio 10. Para o profissional, para que as empresas se tornem competitivas é imprescindível o foco na pesquisa. "A inovação e o diferencial das empresas no mercado passa estritamente pela pesquisa, que necessita ser muito focada. Thomas também destacou a necessidade de cada vez mais valorizar o que é produzido no Brasil e sustentou a definição de seis pilares para haver uma boa pesquisa. "É preciso levar em conta o conhecimento, a cultura geral, o bom senso/bom gosto, a definição de temas, a criatividade e a viabilidade de custos", considerou.

Copyright © 2021 Exclusivo On Line. Todos os diretos Reservados.