×
Publicado em
15 de jul. de 2014
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Mode City: visitação da edição 2014 ficou estável

Publicado em
15 de jul. de 2014

O salão de moda Mode City segue bem. Levando em conta a conjuntura económica dos sectores de roupas interiores e de fatos de banho, o salão parisiense da Eurovet tinha como objetivo a estabilidade da visitação para o ano de 2014. A sua edição, que decorreu no Parque de Exposições Porte de Versailles em Paris, de 5 a 7 de julho passados, ficou em cima da linha, com 15.258 visitantes, contra 15.330 na edição de 2013.

Mode City na edição 2014. Foto: Mode City. - Foto: Mode City.


O contingente francês permaneceu estável, representando 30% da visitação global. Uma pequena decepção para alguns participantes na feira, que esperavam uma nova mobilização dos retalhistas franceses e, particularmente, da metade sul da França.

Porque então reforçar o modelo “regional” do Riviera, a nova edição do Mode City em Cannes, que deve receber a sua segunda edição ampliada nos próximos 7 e 8 de setembro.

Quanto à visitação internacional do salão parisiense, o ‘top’ 10 evoluiu pouco, mas o principal país, Itália, assistiu de novo a uma leve queda da sua representação. Na segunda e terceira posições, Alemanha e Reino Unido seguem estáveis.

Em contrapartida, a quarta posição da classificação estrangeira este ano é atribuída a Espanha, que voltou a mobilizar-se muito bem e ultrapassou Hong Kong. O contingente russo sofreu uma forte queda, talvez ligada ao clima geopolítico, que lhe custou a posição no ‘top’ 10, perdida para os Estados Unidos.

Indo mais longe na lista dos visitantes, dois países também avançaram significativamente: Bélgica e Holanda, sendo que no sentido inverso Brasil, Austrália e Ucrânia recuaram fortemente. No que respeita a este último país, a sua participação quase ficou em xeque por causa da situação política vivida no último ano. Quanto ao Brasil, sem dúvida nenhuma foi um efeito colateral da Copa do Mundo.

O sábado (5) e principalmente a segunda-feira (7) foram avaliados como os dias mais calmos pelos expositores, totalmente diferentes do domingo, considerado mais ativo. Uma jornada que foi menos afortunada do lado de fora, sendo assim o ponto culminante de um fim de semana chuvoso que penalizou o espaço de animação exterior, Absolute Summer, aberto ao grande público.

“Foi um pouco decepcionante para esta edição”, assim afirmou Taya de Reyniès, responsável de pólo fatos de banho da Eurovet. “Nós não podemos lutar contra o clima, mas é realmente uma pena, levando em consideração o trabalho que tivemos com este espaço para movimentar a parte exterior do salão”.

No que respeita à atividade principal do Mode City, ela se disse “satisfeita com esta edição, os comentários recebidos dos participantes da feira foram equilibrados e nós observamos que o clima de trabalho estava sério, com uma bela preparação das marcas no final de tudo”, concluiu a dirigente.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.