×
358
Fashion Jobs
LION OF PORCHES
Diretor(a) de Marketing / Marketing Director
Efetivo - CLT · PORTO
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Braga Parque (m, f)
Efetivo - CLT · Braga
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Serra Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Covilhã
LEVI'S
Part-Time 20h Eci ls Oporto
Efetivo - CLT · Vila Nova de Gaia
H&M
Sales Advisor Part-Time Para cc Leiria Shopping
Efetivo - CLT · Boa Vista
H&M
Sales Advisor Part-Time Para cc Espacio Guimaraes
Efetivo - CLT · Guimarães
SANDRO PORTUGAL
Sales Assistant 12hr Corner Porto h/m
Trainee · PORTO
SCALPERS
Sales Assistant -Lisboa -30/20 Horas Semanales
Trainee · LISBOA
SCALPERS
Sales Assistant -Oporto -30/20 Horas Semanales
Trainee · OPORTO
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Algarve Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Albufeira
H&M
Junior Accountant (Lisbon h&m Office)
Efetivo - CLT · Lisboa
H&M
Sales Advisor Part-Time Para cc Mar Shopping (Algarve)
Efetivo - CLT · Almancil
H&M
Sales Advisor Part-Time Para cc Algarve Shopping
Efetivo - CLT · Almancil
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de nov de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Moncler encerra as suas melhores linhas e despede-se dos estilistas Valli e Browne

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de nov de 2017

A empresa italiana Moncler, conhecida pelos seus casacos de luxo, tornou pública uma mudança de estratégia que encerra as linhas Gamme Rouge e Gamme Bleu e se despede dos estilistas Giambattista Valli e Thom Browne, que deixarão a empresa para se focarem nas suas marcas próprias.


Thom Browne - Archiv


"O grupo deve mudar e abrir novos horizontes", disse o CEO Remo Ruffini em comunicado. A Moncler disse que está a encerrar as suas coleções prêt-à-porter Gamme Rouge e Gamme Bleu, que foram apresentadas nos desfiles de moda de Paris e Milão este ano.

Os estilistas Giambattista Valli e Thom Browne vão concentrar-se nas suas marcas próprias, segundo a Moncler. A empresa não forneceu mais detalhes sobre a sua nova estratégia, embora nos últimos anos tenha enfrentado uma pressão maior para oferecer aos clientes uma maior quantidade de coleções durante o ano, incluindo coleções-cápsula exclusivas e limitadas.

Tradicionalmente, as marcas de moda apresentam apenas duas coleções por ano, primavera-verão e outono-inverno. No entanto, estima-se que os clientes mais jovens constituam quase metade da indústria de luxo de 290.000 milhões de dólares (248.000 milhões de euros) até 2025 e, para conquistar estes consumidores, de acordo com a consultoria Bain & Co, as marcas de moda têm que se mover mais rápido e focar-se no comércio eletrónico.

De acordo com Remo Ruffini, em entrevista ao Financial Times, as lojas Moncler vão lançar novos projetos com mais frequência.

A Moncler foi fundada inicialmente como uma marca vestuário para esqui nos Alpes franceses na década de 1950, mas Ruffini ajudou a transformá-la numa marca de moda, depois de assumir o controlo em 2003 e lançá-la na Bolsa de Valores de Milão em dezembro de 2013. As ações da Moncler valorizaram quase 40% este ano, em linha com o conglomerado de luxo francês LVMH.

A Moncler, cujos casacos podem custar mais de 1.000 euros (1.165 dólares), disse em outubro que estava a trabalhar em "grandes projetos", depois de publicar um aumento de 15% maior do que o esperado nas vendas dos primeiros nove meses do seu ano fiscal. Em 2016, as vendas do grupo superaram os 1.000 milhões de euros (1.160 milhões de dólares) e a empresa espera um crescimento ainda maior este ano.
 

© Thomson Reuters 2021 All rights reserved.