×
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de abr. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Nine West confirma boatos de falência e coloca algumas marcas à venda

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de abr. de 2018

A marca norte-americana de calçado e roupa Nine West Holdings Inc. pediu falência e anunciou que vai vender as suas marcas Nine West e Bandolino ao Authentic Brands Group.


Nine West


Os ativos da empresa foram avaliados entre 500 milhões e mil milhões de dólares, com passivos estimados de mil milhões a 10 mil milhões de dólares. Além da Nine West, 10 afiliados solicitaram proteção judicial por falência, incluindo Grupo Kasper e One Jeanswear Group, que detém as marcas Gloria Vanderbilt e Jessica Simpson, bem como os jeans femininos da Nine West e da Bandolino.

A Nine West afirmou que recebeu 300 milhões de dólares (242,5 milhões de euros) num financiamento e iniciou um acordo de reestruturação. A empresa afirmou que as suas operações comerciais geraram um lucro líquido de 1,6 mil milhões de dólares em 2017, sendo 1,6 mil milhões de dólares em obrigações de dívida agregadas.

Em 2014, a Sycamore adquiriu o Jones Group Inc, que controlava a Nine West na altura, num acordo avaliado em 2,2 mil milhões de dólares. Posteriormente, a Sycamore vendeu as linhas de calçado de luxo Stuart Weitzman e Kurt Geiger, parte do Jones Group.

A retalhista e atacadista de moda feminina tem vindo há alguns anos a perder participação de mercado no âmbito da desaceleração nas vendas de roupa e da concorrência dos players do comércio eletrónico. Os retalhistas dos Estados Unidos têm enfrentado um período de dificuldades. No ano passado, mais de 15 empresas pediram falência devido à incapacidade em enfrentar a concorrência das compras online.

Reportagem adicional de Benjamin Fitzgerald

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.