×

Première Vision Pluriel: primeira edição sob uma organização única

Publicado em
today 16 de set de 2014
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Depois da aquisição do Zoom by Fatex há um ano, depois do Cuir à Paris em fevereiro passado, todos os salões que compõem o Première Vision Pluriel pertencem agora à Première Vision SA. Uma empresa organizadora que promete uma oferta coordenada e que vai exibir uma coerência inédita.


O encontro oferece, na comuna francesa de Villepinte, um conjunto de aproximadamente 1.950 expositores, ou seja, um nível comparável àquele de setembro de 2013. Mais de 130 novas empresas teriam se reunido ao Pluriel para esta edição. “É preciso realçar a elevada taxa de fidelidade das empresas expositoras, sinal de solidez e de consistência das 6 mostras”, insiste a organização.

Duas temáticas transversais nos diferentes salões formam o Parcours Experts Pluriel. Neckwear é virado aos pescoços e decotes. Lenços, gravatas, falsas golas, ornamentos, colares e outros penduricalhos serão assim apresentados.

Assembling, por sua parte, será virado, como o seu nome indica, à aliança dos materiais, quer sejam contracolados, costurados ou acolchoados.

Para esta edição, o salão dos tecidos Première Vision recebe 44 novas empresas. Dentre elas, cerca de 26 tecelãs, em sua grande maioria italianas, assim como 19 empresas de tricô especialistas na malha retilínea, que se unem no espaço exclusivo Knitwear Solutions. No total, 32 países são representados no Première Vision, cuja oferta exibe 73% da sua totalidade provenientes da Europa.

No conjunto das empresas expositoras, os Italianos são a maioria, com 51%. Os Franceses representam 12%, os Turcos, 10%. E 14% veem da Ásia O encontro dos fios e das fibras Expofil reúne durante três dias 51 participantes, contra 49 no ano passado. O Indigo reúne mais de 221 especialistas no desenho e na criação têxtil, o que representa uma alta de 9% nos números da mostra. Uma oferta em sua grande maioria europeia, munida de um forte contingente britânico.

Pela primeira vez, o Zoom by Fatex decorre dentro do Première Vision, a exemplo do Indigo e Expofil, tomando o seu lugar no fundo do pavilhão 6.

O encontro do ‘sourcing’ à moda Europa Mediterrânea e do Oceano Índico está decorado, para a ocasião, com uma nova cenografia, mais moderna e luminosa. Cerca de 13 novas empresas expositoras se juntam numa oferta de 134 expositores, oriundos em grande parte do Marrocos (22%), de Tunísia (14%), de Roménia (13%) e Maurícia (11%).

O Modamont decorre mais uma vez no pavilhão 4, reunindo 320 empresas de 26 países. O salão dos acessórios e componentes para a moda e design apresenta uma oferta amplamente italiana (49%), mas também francesa (17%), espanhola (7%) e alemã (7%).

Cerca de 17 novas empresas expõem, enquanto os organizadores notam um reforço da oferta de acessórios e componentes para o calçado e marroquinaria.

O encontro dos couros e forros, o Cuir à Paris, anuncia, por sua parte, a presença de 432 expositores no pavilhão 3. Com 23 nacionalidades, o salão traz também uma ampla oferta italiana (54%), francesa (15,5%) e espanhola (9,5%).

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.