×
368
Fashion Jobs
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
BROWNIE
Store Manager
Efetivo - CLT · LISBOA
SANDRO
Sales Assistant 12hr Corner Porto h/m
Trainee · LARAMIE
LION OF PORCHES
Gerente (m/f) - Algarve Shopping
Efetivo - CLT · GUIA
LION OF PORCHES
Gerente (m/f) - Oeiras Parque
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 40h - CDI - Eci Lisboa - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Gestor de Loja - 40h - CDI - Lisboa Colombo - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 40h - CDI - Lisboa Colombo - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
TAPESTRY
Sales Associate ii - ce pt Vila do Conde (20-39 Hours)
Efetivo - CLT · Vila do Conde
SALSA
Estágio Curricular - People & Talent
Estágio · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Estação Viana - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viana do Castelo
THE KOOPLES
Store Manager
Efetivo - CLT · LISBOA
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
Publicado em
12 de fev de 2014
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Primark : as chaves do sucesso para o seu desenvolvimento na Europa

Publicado em
12 de fev de 2014

Primark, a marca de moda irlandesa a preços baixos, pretende, desde a sua criação em 1973, conquistar a Europa. A abertura de sua primeira loja em Marselha, no último mês de dezembro, reuniu mais de 1000 visitantes já no primeiro dia. Um sucesso que se explica principalmente por seu posicionamento de marca de moda a preços baixos, segundo a análise da Kantar Worldpanel, desvendada por ocasião da sua conferência Fashion Morning.


Em toda parte na Europa, a Primark tornou-se o desejo entre os que têm menos de 35 anos, dentre todas as classes sociais. Com um preço médio de 4,5 euros, ou seja, um tíquete duas vezes mais barato que o dos seus principais concorrentes na Europa, e coleções “ultramoda”, a Primark conseguiu destacar-se muito bem dentre as marcas favoritas dos clientes dessa faixa etária.

Mas os preços baixos da Primark não são as únicas ações que originaram o sucesso da grife pertencente ao grupo Associated British Foods. A capacidade de renovar a sua imagem, a cada nova abertura na Europa, contribuiu também para o seu desenvolvimento.

Na realidade, se a Primark é vista como uma discounter em Inglaterra, os Espanhóis a veem como uma grande rede de lojas, ao passo que em Portugal, a empresa da distribuição é considerada uma rede especialista em moda. Esta tática permitiu até então que a gigante da moda a preços baixos multiplicasse as suas aberturas de lojas, sem gerar um certo clima de saturação entorno dos consumidores.

Além do mais, se a marca passou por um crescimento tão perene, é também porque seus clientes estão a comprar, em Espanha e Portugal, duas vezes mais artigos que nos seus principais concorrentes. Em Inglaterra, eles compram “apenas” um artigo a mais em relação ao tíquete médio habitual da empresa, mas a postura segue a mesma: os consumidores rentabilizam o seu deslocamento para a Primark, pois os pontos de venda raramente se encontram no centro da cidade. Quanto aos preços baixos, estes os estimulam a consumir mais.

Já em nível de publicidade e comunicação, a Primark continua a brilhar por ter talento para a criação daquele burburinho, e isso gastando pouco. Focando-se nos jovens, a grife irlandesa aposta sobretudo nas redes sociais para se fazer falada: concursos, anúncios de abertura de loja. Ela também conseguiu reunir uma verdadeira comunidade em torno de si, sem custos.

Enfim, se a success story Primark parece ser infalível, segundo a Kantar Worldpanel, ela pode ter os seus limites. Assim, na hora da compra, a rede Irlandesa ainda não tem um site de vendas. Uma estratégia surpreendente quando todas as grandes marcas se abrem para este tipo de canal, um verdadeiro vetor de crescimento.

A isso acrescentam-se as perspectivas de retorno ao crescimento em Espanha e Portugal, as quais podem suscitar um eventual desinteresse dos consumidores nessas zonas por produtos a preços baixos.

Com tudo isso, a Irlandesa Primark conta hoje com 268 lojas, ou seja, 891.000 m², e, no último mês de setembro, ela apresentou um volume anual de negócios com alta de 22% em relação ao seu exercício anterior.

Foto: Divulgação

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.