×
Por
Jornal T
Publicado em
28 de ago. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sonae Fashion vendeu 168 milhões no 1º semestre

Por
Jornal T
Publicado em
28 de ago. de 2018

Com vendas internacionais que representam já 45% do total e um crescimento muito significativo nas vendas online, a Sonae Fashion fechou o 1º semestre com um volume de vendas de 168 milhões, o que representa um crescimento de 0,9% face ao mesmo período do ano anterior, segundo as contas globais do grupo apresentadas na quinta-feira.


Em comunicado, os responsáveis da Sonae destacam que “o primeiro semestre do ano foi um dos períodos mais desafiantes de sempre para os operadores de fashion, com todo o sector a ser impactado negativamente por condições meteorológicas atípicas e pela antecipação da Páscoa”.

Foi neste contexto adverso que “o volume de negócios da Sonae Fashion cresceu 0,9% no primeiro semestre de 2018, sendo que em termos homólogos as vendas online cresceram 56% na Zippy, 13% na Salsa [na foto, campanha com Sara Carbonero] e mais do que duplicaram na MO”. Já no que respeita às vendas no estrangeiro o crescimento continua em alta e “as vendas internacionais representam atualmente 45% das vendas totais”, destaca o comunicado.

Em relação ao segmento Sports, e no seguimento da fusão da JD Sprinter e Sport Zone, “as contas da nova empresa, ISRG (Iberian Sports Retail Group),são consolidadas a partir deste trimestre através do método de equivalência patrimonial”. Assim, “devido às datas de reporte da JD Sports, os valores da ISRG referem-se ao período de 1 de fevereiro a 5 de maio”.

Neste período, refere o comunicado, “o volume de negócios da ISRG cresceu 7,8% em termos homólogos, atingindo €116 M, devido principalmente à contribuição da JD com a sua expansão em Espanha, e o EBITDA subjacente melhorou €2,7 M em termos homólogos, beneficiando do contributo positivo de todas as marcas”.

Em termos globais da actividade do grupo, a Sonae refere um “reforço vendas e rentabilidade” no primeiro semestre de 2018. O volume de negócios da Sonae cresceu 6,6% para 2.680 milhões de euros; Melhoria da rentabilidade de todos os negócios, com aumento de 11% do EBITDA; Resultado líquido aumenta de 73 M€ para 98 M€; Dívida líquida diminui 6,7% ou 95 M€ face ao final do período homólogo; Investimento (Capex) aumentou 30 M€ para 151 M€.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.