×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
20 de out de 2017
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Versace: Kim Jones deve assumir as rédeas da marca

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
20 de out de 2017

Após meses de boatos, a Versace deve revelar em breve o nome do seu novo diretor artístico. Desde a saída de Riccardo Tisci da Givenchy em fevereiro, diversas especulações invadiram as redes sociais, apostando no designer italiano para liderar o estilo da marca também italiana, mas também mencionaram Olivier Rousteing, Virgil Abloh e, por fim, Kim Jones. Este último parece ser o candidato mais provável, segundo as nossas fontes, para assumir a direção artística da Versace.


Kim Jones - louisvuitton.com


O designer, conhecido pelo seu streetwear de alta-costura, é responsável pela moda masculina da Louis Vuitton desde 2011, que rejuvenesceu com sucesso, aliviando a sua aparência formal e oferecendo uma identidade de moda. Jones nunca se dedicou ao prêt-à-porter feminino, mas realizou um percurso impecável desde que se formou, no início dos anos 2000.

Contactada pela FashionNetwork.com, a Versace não confirmou a informação, que descreveu como "boato". Ainda assim, Donatella Versace, responsável pelo estilo há 20 anos, desde a morte do seu irmão Gianni, fundador da marca de luxo italiana, estaria pronta para receber e apresentar um novo diretor artístico, indicou uma fonte interna.

Quanto à Louis Vuitton, no entanto, é palpável alguma agitação . De acordo com uma fonte próxima de Kim Jones, o criador teria intenção de se mudar para Milão, mas deve primeiro rescindir o seu contrato, renovado no ano passado com a Louis Vuitton.

"Não há comentários a serem feitos. São especulações. Kim Jones está sob contrato", disse um porta-voz da Louis Vuitton, lembrando que o diretor artístico da moda feminina, Nicolas Ghesquière, também foi o centro de mil boatos "e continua na Louis Vuitton!".

O estilista cosmopolita e apaixonado por arte nasceu em Londres em 1979. Estudou na Central Saint Martins College of Art and Design de Londres, onde se formou em moda masculina. A sua coleção de graduação, da qual John Galliano comprou uma parte, foi aclamada pela imprensa e pelos meios de comunicação. Kim Jones foi admitido na Semana da Moda de Londres em 2003, onde apresentou a sua marca de moda masculina, urbana e desportiva.

Ao gerir a sua marca, que suspendeu alguns anos depois, o designer hiperativo multiplicou colaborações (com marcas como Umbro, Hugo Boss, Topman, Iceberg) e foi várias vezes reconhecido pelos British Fashion Awards. Além de trabalhar com Alexander McQueen, em 2008, foi nomeado diretor artístico da Dunhill, até ser abordado pela Louis Vuitton, em 2011.

Acostumado a viajar desde a infância, seguindo a sua família até ao Equador, África (Etiópia, Quénia, Tanzânia e Botswana) e Caraíbas, o estilista nómada e curioso sobre tudo sempre se inspirou nos seus inúmeros destinos e visões do exterior para construir a suas coleções.

80% da Versace pertence à família fundadora e 20% ao fundo americano Blackstone. A marca, conduzida desde o ano passado por Jonathan Akeroyd, encerrou o ano de 2016 com uma perda líquida de 7,4 milhões de euros e um aumento do volume de negócios em 3,7%, para 668,7 milhões de euros.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.