×
374
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Victoria Beckham reduz número de funcionários

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 2 de abr de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A marca de moda de Victoria Beckham vai cortar 60 membros da sua equipa, como resultado de uma revisão estratégica para os seus novos investidores, mostrando que o seu atual modelo operacional vai afetar os seus funcionários.


Victoria Beckham - outono-inverno 2018 - Moda Feminina - Nova Iorque - © PixelFormula


De acordo com vários relatos de jornais britânico, a empresa de Beckham está deficitária e perdeu cerca de 8,5 milhões de libras no ano passado. Consultores administrativos que trabalham para o novo patrocinador de Victoria Beckham, Neo Investment Partners, estão a estudar a recuperação da marca.

Caso isso seja verdade, não é algo propriamente surpreendente. Beckham lançou a sua marca há uma década e, desde então, tem crescido organicamente sem o envolvimento de investidores externos ou qualquer um dos grandes nomes da moda no seu quadro de executivo.

No entanto, a infusão de dinheiro da Neo e a recente chegada de Ralph Toledano como presidente levaram a empresa a ser colocada numa posição comercial mais sustentável.

Enquanto muitos dos relatos da imprensa se concentraram no lado mais negativo da nova estratégia e no elemento lascivo do próprio salário de Beckham, aparentemente segundo os consultores a estrutura operacional estaria “inviável” na sua forma existente.

Os 60 postos de trabalho que serão eliminados representam cerca de um terço do total existente na empresa. O dailymail.co.uk informou que Beckham, que recebe um salário de 0,7 mil de libras do negócio, não agradou a alguns funcionários pois não deu as notícias pessoalmente. A empresa, VB Ltd, está localizada em Battersea, no sul de Londres, e tem lojas no West End de Londres e em Hong Kong.

Um porta-voz de Victoria Beckham disse ao jornal que "o conselho tem se concentrado em devolver a lucratividade à empresa, e o tamanho da estrutura está a ser revisto de acordo com as suas metas financeiras, juntamente com a sua equipa”.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.